Notícias

25/07/2020
Especialistas debatem retomada do mercado imobiliário pós-pandemia
Especialistas debatem retomada do mercado imobiliário pós-pandemia
 

O Portal AECweb, realizou, ontem (25), mais uma AEClive. Com o tema “Perspectivas para a retomada do mercado imobiliário brasileiro”, o evento recebeu Carlos Bianconi, presidente da RNI, e Rodger Campos, economista do Grupo Zap.

Os palestrantes abordaram os impactos da pandemia no setor, as tendências para o mercado nos próximos meses e as estimativas para a recuperação econômica.

IMPACTOS DA PANDEMIA

O economista do Grupo Zap, Rodger Campos, informou que, em relação ao mercado imobiliário residencial, a pandemia do novo Coronavírus afetou fortemente a oferta de unidades. Segundo ele, o último levantamento realizado pela Abrainc apontou que a oferta de novos imóveis residenciais caiu 16% no acumulado de 2020 frente ao mesmo período do ano passado.

“Esta queda é muito mais acentuada no nível de médio e alto padrão. Nós temos uma queda de produção que passa para todos os setores da economia. O setor da construção civil e, mais especificamente, o imobiliário residencial não ficam separados disso. Dessa forma, a oferta de imóveis, inclusive na incorporação, também cai”, disse.

Rodger ressaltou, ainda, que antes da pandemia o setor vinha em uma crescente e o mercado estava se recuperando da crise de 2014.

Carlos Bianconi, presidente da RNI, iniciou sua participação dizendo que a expectativa para 2020 era de que a economia do País cresceria, e por isso a maioria das incorporadoras se prepararam para um ano com um grande aumento no número de lançamentos imobiliários.

Bianconi informou que, com a chegada da pandemia, a primeira medida adotada por sua empresa foi suspender os lançamentos e focar na venda de imóveis por meio de plataformas digitais.

“Nós percebemos que, na média e alta renda, não houve uma grande aderência. Não vemos as empresas operando bem com estes tipos de imóveis. Mas, no econômico e baixa renda tivemos uma aderência acima de 90%”, informou.

O presidente da RNI complementou dizendo que o cliente consegue executar todos os processos da compra pelo canal digital, de uma forma interativa.

PERSPECTIVAS PÓS-PANDEMIA

Bianconi também informou que, do ponto de vista digital, a pandemia ajudou muito o setor imobiliário a evoluir. Segundo ele, um exemplo disso, é que 14 Estados já estão registrando digitalmente os contratos de alienação fiduciária de imóveis. Para o profissional, este processo é uma continuidade da experiência digital proporcionada com a venda online.

Ele disse ainda que a tendência é manter e, inclusive, ampliar estes processos digitais nos próximos meses.

“Nós estamos evoluindo também. Estamos buscando desenvolver carrinhos de compra, ou seja, e-commerce. Estamos pensando no próximo passo. Queremos propor uma tratativa mais automatizada, econômica e interativa”, concluiu.

Já em relação à retomada do setor nos próximos meses, Rodger Campos explicou que a recuperação deve começar por São Paulo, já que é o maior polo econômico do País e, em seguida, se espalhar pelo restante do território nacional.

Entretanto, analisando pelo ponto de vista político e considerando a probabilidade da criação de uma política pública que fomente a habitação popular no Nordeste do País, há boas chances de a recuperação passar por esta região.

 
 
Fonte: AEC Web
Outras Notícias
27
12
Novos arranha-céus dominam São Paulo em boom imobiliário
[+] saiba mais
02
01
Setor imobiliário se beneficia com juros baixos e construção civil tem o maior avanço desde 2014
[+] saiba mais
16
11
Terrenos divididos em lotes poderão ter IPTUs individualizados
[+] saiba mais
07
11
Queda dos juros para compra de imóveis terá impacto de R$ 5,2 bilhões no comércio
[+] saiba mais
07
11
Redução de juros deve impulsionar vendas de imóveis
[+] saiba mais
07
11
ISS para o Habite-se
[+] saiba mais
25
05
Itaú dará crédito atrelado à poupança a construtoras
[+] saiba mais
26
05
Transacionar imóveis de forma 100% remota: um (bom) caminho sem volta
[+] saiba mais
27
05
IPCA-15 cai 0,59% em maio, maior queda desde o início do Plano Real
[+] saiba mais
28
05
Inflação do aluguel é de 6,51% nos 12 meses até maio, aponta FGV
[+] saiba mais
 
Voltar
icone-whatsapp 1
redesp_facebook.pngredesp_youtube.pngredesp_instagram.png
A Empresa

Lima Imóveis Niterói
Aqui nós entendemos você!

contato@limaimoveisniteroi.com.br

Contato

  (21) 987372359

  Segunda a Domingo das 9:00 as 19:00

  Fale Conosco

  Política de Privacidade

www.limaimoveisniteroi.com.br © 2020. Todos os direitos reservados.
Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias